MENU
Solicitar Orçamento
O que você procura?
Custos Indiretos: Como Identificá-los?

Custos Indiretos: Como Identificá-los?

Gestão

Em um mundo empresarial cada vez mais competitivo, controlar os custos é fundamental para a saúde financeira de qualquer empresa.

Porém, muitas vezes, os gestores concentram seus esforços apenas nos custos diretos, deixando de lado os custos indiretos, que também desempenham um papel crucial.

Neste artigo, exploraremos o universo dos custos indiretos, desde o que são até como identificá-los e controlá-los eficazmente.

O que são custos indiretos?

Custos indiretos são uma categoria de despesas empresariais que engloba todos os gastos que não podem ser alocados diretamente a um produto, serviço, projeto ou departamento específico dentro de uma organização.

Esses custos são inerentes à operação geral da empresa e abrangem uma ampla variedade de despesas, incluindo aluguel de instalações, salários de funcionários administrativos, serviços públicos, seguros, manutenção e outras despesas gerais.

Eles não estão diretamente vinculados à produção de bens ou à prestação de serviços, mas são essenciais para a manutenção das operações e o funcionamento suave da empresa como um todo.

Portanto, o controle e a gestão eficaz dos custos indiretos desempenham um papel fundamental na eficiência financeira e na rentabilidade da organização.

Quais são os 4 tipos de custos?

Os quatro tipos de custos mais comuns em contabilidade e gestão financeira são:

  1. Custos Fixos: Custos que permanecem constantes, independentemente do nível de produção ou vendas de uma empresa. Exemplos incluem aluguel, salários de funcionários administrativos e seguro.
  2. Custos Variáveis: Custos que variam de acordo com o nível de produção ou vendas. Quanto mais a empresa produz ou vende, maior é o valor desses custos. Exemplos incluem matérias-primas, comissões de vendas e custos de transporte.

  3. Custos Diretos: Custos que podem ser diretamente atribuídos a um produto, projeto ou departamento específico. Eles são frequentemente associados à produção ou à oferta de um serviço e incluem, por exemplo, o custo da matéria-prima utilizada na fabricação de um produto.
  4. Custos Indiretos: Como discutido anteriormente, custos indiretos não podem ser diretamente atribuídos a um produto ou serviço específico. Eles representam despesas gerais necessárias para manter a operação da empresa como um todo e incluem custos administrativos, de instalações e outros gastos não diretamente relacionados à produção ou venda de produtos ou serviços.

Quais são os custos indiretos?

Os custos indiretos incluem uma ampla variedade de despesas, desde aquelas associadas à manutenção até aquelas relacionadas à gestão. Aqui estão cinco exemplos de custos indiretos comuns:

  • Suprimentos de Escritório: Materiais de escritório, como papel, canetas e toners de impressora, que são necessários para manter a empresa funcionando.

  • Manutenção: Custos de manutenção de instalações e equipamentos, incluindo reparos e manutenção preventiva.

  • Marketing e Publicidade: Gastos em campanhas publicitárias, promoção de produtos e estratégias de marketing.

  • Serviços de Consultoria e Assessoria: Honorários pagos a consultores e assessores externos que oferecem orientação especializada em áreas como jurídica, financeira ou de recursos humanos.

  • Seguros e Impostos: Despesas com seguros comerciais e impostos, que são necessários para cumprir as obrigações legais e proteger a empresa contra riscos.

Como calcular custo indireto?

O cálculo dos custos indiretos pode ser feito usando um método de rateio, como o rateio por horas trabalhadas ou rateio por unidades produzidas.

  • Rateio por horas trabalhadas

O rateio por horas trabalhadas é um método que atribui os custos indiretos aos produtos ou serviços com base no número de horas trabalhadas. Para calcular o custo indireto por unidade, basta dividir o custo indireto total pelo número total de horas trabalhadas.

Por exemplo, se uma empresa tem um custo indireto total de R$ 10.000 e 1.000 horas trabalhadas, o custo indireto por hora será de R$ 10.

  • Rateio por unidades produzidas

O rateio por unidades produzidas é um método que atribui os custos indiretos aos produtos ou serviços com base no número de unidades produzidas. Para calcular o custo indireto por unidade, basta dividir o custo indireto total pelo número total de unidades produzidas.

Por exemplo, se uma empresa tem um custo indireto total de R$ 10.000 e 100 unidades produzidas, o custo indireto por unidade será de R$ 100.

  • Outros métodos de rateio

Além dos métodos de rateio por horas trabalhadas e por unidades produzidas, existem outros métodos que podem ser usados para distribuir os custos indiretos. Alguns exemplos incluem:

  • Rateio por horas máquina: esse método é semelhante ao rateio por horas trabalhadas, mas é baseado no número de horas de máquina utilizadas.
  • Rateio por área: esse método é baseado na área ocupada pelos produtos ou serviços.
  • Rateio por valor de vendas: esse método é baseado no valor de vendas dos produtos ou serviços.

A escolha do método de rateio mais adequado depende das características específicas da empresa e dos produtos ou serviços oferecidos.

Como controlar os custos indiretos?

O controle dos custos indiretos é importante para garantir que as empresas sejam lucrativas. Por isso, é importante que as empresas monitorem os custos indiretos e tomem medidas para controlá-los.

Aqui estão algumas dicas para controlar os custos indiretos:

  • Estabeleça um sistema de controle de custos: Um sistema de controle de custos ajudará as empresas a rastrear e monitorar os custos indiretos.

  • Identifique os principais custos indiretos: As empresas devem identificar os principais custos indiretos que estão afetando o custo de seus produtos ou serviços.

  • Avalie as oportunidades de redução de custos: As empresas devem avaliar as oportunidades de reduzir os custos indiretos, sem afetar a qualidade ou a produtividade.

  • Implemente medidas para reduzir os custos: As empresas devem implementar medidas para reduzir os custos indiretos identificados.

Confira algumas medidas específicas que as empresas podem tomar para reduzir os custos indiretos:

  • Negociar melhores preços com fornecedores de produtos e serviços.
  • Otimizar os processos para reduzir o desperdício e a ineficiência.
  • Automatizar tarefas para reduzir o tempo e os custos de mão de obra.

Avaliar seus processos e eliminar custos desnecessários.

Quer números em tempo real? Conheça BI AETHOS

Conclusão

Os custos indiretos desempenham um papel crítico na saúde financeira de uma empresa. Ignorá-los ou não os gerenciar eficazmente pode prejudicar a rentabilidade e a competitividade.

Portanto, entender o que são custos indiretos, como identificá-los e como controlá-los é fundamental para o sucesso empresarial.

Lembre-se de que a gestão adequada dos custos indiretos pode liberar recursos valiosos que podem ser reinvestidos no crescimento e desenvolvimento do seu negócio.

Voltar
O que você procura?
Relacionados
  • Business Intelligence: O que é e como o BI agiliza a tomada de decisão empresarial

    Business Intelligence: O que é e como o BI agiliza a tomada de decisão empresarial

    Destaque, Gestão

    Conheça a nova funcionalidade de BI integrada ao ERP. Preveja tendências, automatize análises e alcance o [...]

    LER MAIS
  • Manutenção Corretiva: Quais os Tipos e Como Evitar Prejuízos na Produção

    Manutenção Corretiva: Quais os Tipos e Como Evitar Prejuízos na Produção

    Indústrias

    Como evitar manutenções corretivas e não ter custos surpresa na sua empresa. Conheça os tipos de [...]

    LER MAIS
  • Como otimizar sua rota de entrega e lucrar mais?

    Como otimizar sua rota de entrega e lucrar mais?

    Gestão

    Este artigo explora estratégias cruciais para empresas de logística, e-commerce e serviços que dependem de [...]

    LER MAIS